quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Polícia Federal (PF) - Candidatos aguardam orientação dos organizadores

Aqueles que se inscreveram no concurso da Polícia Federal (PF) para 600 vagas de agente (nível superior) continuam à espera de orientações por parte dos organizadores com relação à sequência da seleção. O concurso foi suspenso por determinação da Justiça para adequação das etapas à participação de candidatos com deficiência.
 
Na última segunda-feira, dia 27, FOLHA DIRIGIDA questionou a PF sobre as instruções àqueles que se inscreveram na seleção, mas até o fechamento desta edição não houve qualquer indicação. Há uma preocupação, principalmente com relação aos que preencheram o requerimento de inscrição, mas ainda não efetuaram o pagamento da taxa, o que poderia ser feito até o dia 7 do próximo mês. O valor a ser pago é de R$150.

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) - Câmara federal debate situação precária no instituto

Nesta quinta-feira, dia 30, a Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) da Câmara dos Deputados retoma as atividades e irá debater, além de outros assuntos, a situação precária do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ainda aguarda a autorização do Ministério do Planejamento para preencher 4.730 vagas por meio de concurso. 
 
De acordo com o 2º vice-presidente da comissão, deputado Mandetta (DEM-MS), o futuro da seguridade social para o próximo governo é de extrema importância. “Nós temos de concluir o trabalho de quatro anos intensos na comissão e discutir melhor previdência social, assistência social e, principalmente, a questão da saúde”, afirmou. 
 

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MG) - Tribunal prepara edital para dezembro

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MG) está acelerando os preparativos para divulgar o edital do concurso para técnico e analista judiciários até dezembro próximo. A previsão é de que sejam oferecidas oportunidades para os níveis médio, médio/técnico e superior na área escolhida.

De acordo com a assessoria de imprensa do tribunal após a conclusão do documento, dados mais concretos, tal como quantitativo e áreas a serem contempladas, serão divulgados. A expectativa é de que o certame seja divulgado até dezembro próximo.

A carreira judiciária, que atualmente é uma das mais procuradas pelos concurseiros, além de oferecer estabilidade, uma vez que o regime de contratação é o estatutário, possibilita a conquista de status e de remuneração atraente. Portanto, os interessados no novo concurso já podem iniciar os estudos tendo como base o programa da última seleção. 

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

POLÍCIA FEDERAL: Concurso de Agente suspenso

A Polícia Federal informa que o concurso público para provimento de vagas no cargo de  AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL  foi SUSPENSO em cumprimento à decisão proferida nos autos da Ação Civil Pública nº 2002.38.03.000070-8/1ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Uberlândia/MG. Novas informações serão divulgadas no site da Polícia Federal e no site da organizadora do concurso.

Fonte: www.dpf.gov.br

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Folha Dirigida: Veja, com o professor Pablo Leonardo, dicas sobre o que estudar na disciplina de Noções de Informática

Os interessados no concurso para o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) devem iniciar a preparação o quanto antes, já que a seleção promete receber muitos candidatos. O edital está previsto para ser divulgado até dezembro próximo. Para auxiliar na preparação, a FOLHA DIRIGIDA ouviu o professor da disciplina de noções de Informática do curso Méritus Concursos, em Belo Horizonte, Pablo Leonardo, que falou sobre o concurso e de que forma os concurseiros devem estudar para o exame.

Para dar início, o especialista avalia o programa de disciplina. Segundo ele, a matéria de Informática em quase todos os editais possui um dos maiores conteúdos. "A diferença entre os editais em geral é muito pequena no que diz respeito à descrição do conteúdo da prova deInformática. Em todos os concursos em que esta disciplina é cobrada, exigimos de 40 a 52 horas/aula para passar rapidamente por todo o conteúdo", ressaltou. 

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Jornal do Buritis: Professora Raquel Cesário dá dicas de Português para as provas da Cespe

O primeiro grande desafio de um concurseiro é decidir ser concurseiro. Ele não pensa que será tão difícil até começar essa nova vida. No início, acredita que já está quase, falta pouco. O problema é que esse “pouco que falta” demora para chegar. E chega com muita batalha, suor, sofrimento, erros e acertos. Depois que começou, não dá para desistir, afinal seria perdido todo o esforço. Tenho vivido essa experiência há alguns anos, como professora e depois esposa de concurseiro. Participei de grandes vitórias e me orgulho da conquista de meu marido. Mas não é nada fácil. Para começar essa caminhada, é importante ter um planejamento bem realista e focado. Em primeiro lugar, é fundamental saber quanto tempo dispõe para dedicar aos estudos, em quanto tempo deseja ser aprovado, e como irá trabalhar para conquistar tal objetivo. É claro que todo mundo quer a aprovação o mais rápido possível, mas sabemos que ser aprovado em um cargo público tem sido tarefa cada vez mais árdua. É necessário constância nos estudos e bastante perseverança.

Há várias organizadoras de provas, e uma das principais é o Cespe/UNB. Ela faz os concursos da área de segurança, agências reguladoras, alguns tribunais, MPU, entre outros. Particularmente, gosto muito de suas provas, porque se baseiam no raciocínio e na habilidade de leitura do candidato.

Para fazer uma boa prova do Cespe, o candidato deverá  passar por três estágios: conhecer bem o conteúdo, estabelecer raciocínio adequado sobre ele e saber interpretar textos. Como na maioria das bancas, o conteúdo mais cobrado é a Sintaxe: concordância verbal e nominal, emprego dos sinais de pontuação, coordenação e subordinação, regência. Mas, no Cespe, a prova de Português apresenta textos de Literatura, cobra questões de inferência e análises de informações. Além disso, o próprio enunciado é, muitas vezes, uma incógnita para o candidato. Ele precisa estar bem treinado para entender a instituição. Nessa prova, existem, comumente, três tipos de erros: inversão do conteúdo, extrapolação da ideia apresentada no texto e, o mais difícil de perceber, o uso de conjunções inadequadas para ligar duas informações verdadeiras no texto. Por exemplo: O item apresenta duas ideias que são verdadeiras no texto, mas as liga com uma conjunção de oposição, uma relação não apresentada. Esse é o erro mais difícil de ser percebido.

Para uma boa preparação, o candidato deve fazer um bom curso preparatório, para saber o que estudar e como estudar, mas é fundamental o estudo individual. As leituras complementares, a realização de exercícios são imprescindíveis para o sucesso na prova. Acredito muito em exercícios comentados. Eles mostram se o candidato está no caminho certo e ajudam a pensar como a banca. Afinal, o candidato aprovado não é aquele que sabe a matéria de cor, é aquele que acerta o maior número de questões. E, para isso, saber o conteúdo é só o primeiro passo de uma longa caminhada.

Raquel Cesário
Professora de Português

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Dataprev - Saiu edital para 4.016 vagas em cadastro. 2º e 3º graus

Cumprindo a previsão de edital este mês, a Empresa de Tecnologia da Previdência Social (Dataprev) divulgou nesta segunda-feira, dia 20, no Diário Oficial da União, o edital do concurso para cargos de níveis médio/técnico e superior. A seleção tem 4.016 vagas em cadastro de reserva (com 10% da oferta para deficientes), que poderá ser utilizado durante a validade do concurso, de dois anos, podendo dobrar. As vagas estão distribuídas por todo o país.