sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) - Autorização para fiscal está próxima, diz ministro

O ministro do Trabalho, Manoel Dias, voltou a afirmar, na última quarta-feira, dia 26, que o concurso para auditor-fiscal do trabalho já está autorizado, faltando apenas o anúncio oficial. Desta vez, no entanto, ele apontou que falta pouco para a oficialização. "O concurso para auditor-fiscal está para ser anunciado agora, dentro de alguns dias", disse o titular da pasta, lembrando que os auditores são fundamentais para o exercício das atribuições do Ministério.

Fonte: Folha Dirigida

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Assembléia Legislativa de Minas Gerais - (ALMG)

A Assembléia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), constituiu a comissão para coordenação e supervisão para concurso público.

Confira: http://www.almg.gov.br/consulte/legislacao/completa/completa.html?tipo=PSD&num=45&comp&ano=2015&utm_source=CompartilhamentoPorEmail&utm_medium=email&utm_campaign=Compartilhar

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

1ª Turma: regras de concurso público já iniciado não podem ser alteradas

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) entendeu não ser possível a alteração das regras de pontuação de títulos por pós-graduação de concurso público já iniciado por ofensa ao princípio da segurança jurídica. A questão foi analisada na tarde desta terça-feira (18) durante o julgamento dos Mandados de Segurança (MS) 32941 e 33076, impetrados contra ato do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que, ao anular decisão administrativa do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES), manteve contagem, sem restrição de quantidade, de títulos de pós-graduação em concurso para cartórios do estado.
Consta dos autos que o concurso para preenchimento de serventias extrajudiciais estava previsto no Edital 1/2013, porém, posteriormente, o TJ publicou o Edital 12/2014 com o intuito de adequar as regras do certame às novas diretrizes estabelecidas pelo CNJ. Este último edital foi anulado por meio da decisão administrativa do conselho questionada nos mandados de segurança.
De acordo com os processos, a Resolução 81/2009 – editada pelo CNJ a fim de normatizar os processos seletivos para outorga de delegações de serventias extrajudiciais – foi alterada pela Resolução 187/2014, que previu novas regras quanto à atribuição de pontos aos títulos de candidatos. Entre elas, determinou limite à cumulação dos títulos de pós-graduação para fins de avaliação dos candidatos.
Segundo os autores dos mandados de segurança, o sistema original de pontuação dos títulos referentes à pós-graduação fere o sistema classificatório do concurso, devendo ser aplicada a resolução do conselho no concurso já iniciado.
O relator, ministro Marco Aurélio, indeferiu os pedidos. Para ele, deve ser mantido o ato do CNJ no sentido de que “não se aplica nova regra para limitar a cumulação dos títulos de pós-graduação, na etapa de concurso público denominada prova de títulos”. A maioria dos ministros acompanhou o voto do relator, considerando não ser possível alterar as regras de um edital de concurso com o certame em andamento, como expressa o ato normativo do conselho. Ficou vencido o ministro Luiz Fux ao entender possível aplicar a regra de limitação de títulos em certame já iniciado.
No MS 32941, o relator declarou o prejuízo do agravo interposto contra decisão interlocutória proferida por ele.
EC/FB
Fonte: http://www.stf.jus.br/

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Concursos: 10 órgãos devem oferecer 2 mil vagas até o fim do ano

O segundo semestre de 2015 reserva boas oportunidades para candidatos que desejam conquistar uma vaga em um concurso público. O número de oportunidades, em seleções confirmadas ou já autorizadas pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) chega a 2.027 vagas, segundo levantamento do G1.
Os concursos autorizados pelo Ministério do Planejamento têm prazo de seis meses para a publicação do edital, contados a partir da publicação da portaria que permite a realização da seleção. Já empresas públicas, como Correios, Banco do Brasil e Caixa Econômica, não precisam de autorização para promover concursos públicos.
A Lei Orçamentária Anual (LOA) prevê a criação de 27.917 vagas para contratações por concurso público em 2015. A Lei nº 13.115 foi publicada em abril. Os dados são do site do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. O número é maior do que as 24,8 mil vagas previstas no anexo V da proposta do orçamento federal, enviado ao Congresso Nacional em agosto do ano passado.

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Corpo de Bombeiros lançará dois concursos com 560 vagas nos próximos meses

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) publicará dois editais nos próximos meses.  Um para o Curso de Formação de Oficiais (CFO), com previsão de 30 vagas, e outro para o Curso de Formação de Soldados (CFSd), com previsão de 530 vagas para os quadros de combatentes e especialistas. 
 
A escolaridade exigida para ambos os concursos será o ensino médio e os benefícios do aluno, são: vencimento, abono fardamento, assistência médico-hospitalar, psicológica e odontológica. Atualmente um Soldado de 2ª Classe recebe um salário de R$ 3.506,40 e um Cadete do 1º ano R$ 5.016,89.
 
De acordo com o Capitão Alessandro Fábio Daldegan, chefe da Seção de Concursos, a expectativa é de que haja um aumento de 50% no número de candidatos a uma vaga na corporação em relação ao ano passado. “Estamos nos baseando no grande número de inscritos nos últimos concursos públicos, o que não deve ser diferente no Corpo de Bombeiros”, explica.  O último CFO teve 12.374 inscritos  para 30 vagas, média de 412 candidatos por vaga. Já no CFSd foram 23.475 inscritos disputando as 800 vagas, cerca de 29 candidatos por vaga.
 
Para aquele que deseja ocupar uma das vagas ofertadas, o oficial orienta que a preparação seja iniciada antes mesmo da publicação dos editais. Ele destaca que os concursos para ingresso nas carreiras militares, na sua maioria das vezes, possuem algumas características que os diferem de outros porque o  candidato, além de se preparar intelectualmente, deve se preocupar também com a preparação física, pelo fato de haver a exigência do Teste de Aptidão Física, de caráter classificatório e eliminatório. 
 
Na última semana, a Seção de Concursos finalizou a etapa de especificação para a contratação da empresa responsável pela execução da primeira fase dos dois concursos. Sem a contratação da empresa executora da primeira fase, não é possível a divulgação dos editais, pois há necessidade de informações relativas à empresa que devem constar nos editais. O processo de contratação está sendo analisado pela Comissão Permanente de Licitação da Academia de Bombeiros Militar, unidade que será responsável pelo processo.
 

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) - Vencimentos iniciais de até R$14.203 mensais

A Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) realiza concurso que visa ao preenchimento de 23 vagas para o nível superior. Há oportunidades para turismólogo, analista de comunicação integrada, engenheiro de minas e geólogo, entre outros.

Os vencimentos variam de R$3.724,80 até R$14.203,95, para carga horária de trabalho de 40 horas semanais. O candidato aprovado e nomeado estará sujeito ao regime jurídico da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). A validade do concurso será de um ano, podendo ser prorrogada por igual período, permitindo a chamada de mais aprovados do banco de concursados.

As inscrições deverão ser feitas no site da organizadora, a Fundação Getúlio Vargas (FGV), a partir das 14h do dia 13 de outubro até as 23h59 do dia 12 de novembro. Na ocasião, será preciso preencher o requerimento e imprimir o boleto para efetuar o pagamento da taxa, de R$80.

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Banco do Brasil (BB) - Abre concurso para 860 vagas de escriturário

Banco do Brasil divulgou nesta segunda-feira (10) edital de concurso para o cargo 860 vagas de escriturário. São 95 vagas imediatas e 860 para formação de cadastro de reserva. É a primeira vez que BB oferece vagas no edital e não apenas cadastro de reserva. O salário é de R$ 2.227,26. A Cesgranrio é a organizadora responsável pela seleção.
Banco do Brasil
Inscrições:
11 a 31 de agosto
Vagas:
960
Salário:
R$ 2.227,26
Taxa:
R$ 42
Provas:
18 de outubro
Os candidatos devem ter nível médio. A jornada de trabalho será de 30 horas semanais.
Entre as funções do cargo estão comercialização de produtos e serviços do banco, atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), entre outras atividades.