quarta-feira, 23 de julho de 2014

Secretaria de Estado de Saúde/MG abre concursos com mais de 1.700 vagas

Com organização da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES - MG) anunciou nesta semana a abertura de dois concursos públicos (CPs). Juntos, os certames totalizam 1.746 oportunidades de níveis médio, técnico e superior, distribuídas entre diversos municípios.

CP 001/2014 é destinado ao cargo de Auditor Assistencial Estadual do Sistema Único de Saúde (SUS), junto aos núcleos temáticos de Medicina, Enfermagem, Odontologia, área da Saúde, Ciências Gerenciais e Direito. São 130 vagas imediatas, sendo 15 exclusivas para pessoas com necessidades especiais (PNE).

Podem participar desse concurso, graduados em Medicina, Enfermagem, Odontologia, áreas da Saúde, Administração, Ciências Econômicas, Ciências Contábeis ou Gestão Pública e Direito.

Já o CP 002/2014 traz 630 vagas para Técnico de Gestão da Saúde e 986 para Especialista em Políticas e Gestão da Saúde, sendo 165 destinadas a PNE. A participação nesse certame é liberada a quem tem formação correspondente às áreas de nível médio, técnico e superior.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Instituto Nacional de Câncer (Inca) - Saiu edital com oferta total de 768 vagas! Até R$9.874

Foi divulgado nesta terça, 22 de julho, o edital do concurso do Instituto Nacional de Câncer (Inca) do Rio de Janeiro e do Ministério da Saúde, que estará sob a responsabilidade da Funcab. Serão oferecidas 768 vagas em cargos dos níveis médio, médio/técnico e superior, em sua maioria da área de Saúde, sendo 583 para trabalhar no Inca, no Rio de Janeiro, e 185 no ministério, em Brasília. A remuneração inicial varia de R$3.239 a R$9.874,05, cobrando taxa de R$97 (para as carreiras de nível superior) e de R$78 (médio).

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Polícia Federal (PF) - 600 vagas de agente devem ficar para agosto: R$7.887

A divulgação do edital do concurso para 600 vagas de agente (nível superior) da Polícia Federal (PF) deverá ficar para o próximo mês. Desde o princípio dos preparativos, a previsão era de divulgação do documento regulador da seleção este mês. Porém, internamente, embora a publicação ainda em julho não esteja descartada, ela é vista como muito difícil. No momento, o departamento ainda trabalha na contratação da organizadora do concurso.
 

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Tribunal Regional do Trabalho 3ª Região (TRT) - Autorizada a abertura de concurso público no TRT-MG

Reunido na tarde desta quinta-feira, dia 17, em Belo Horizonte, sob a presidência da desembargadora Maria Laura Franco Lima de Faria, o Tribunal Pleno do TRT-MG autorizou a presidente da instituição a dar início ao processo de eliminação dos autos findos de 2007/2008. O Órgão Especial, por sua vez, reunido logo em seguida, autorizou a abertura de Concurso Público para provimento de cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário, com submissão do respectivo edital ao Tribunal Pleno.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Correios - Empresa volta a confirmar concurso, ainda que sem previsão


Os Correios voltaram a afirmar, nesta quarta-feira, dia 16, que a realização do novo concurso da empresa prossegue em fase de planejamento, porém não há data prevista para a publicação do edital. A informação foi concedida após a juíza da 15ª Vara do Trabalho de Brasília (DF), Audrey Choucair Vaz, ter garantido que o processo judicial que questiona a contratação de terceirizados em detrimento da convocação de aprovados no último concurso para carteiro, atendente comercial e operador de triagem e transbordo, de 2011, não impede a abertura de nova oportunidade pela estatal. Uma nova audiência sobre o caso está marcada apenas para 2 de outubro.

Conforme reportagem divulgada pela FOLHA DIRIGDA no dia 8 deste mês, a juíza Audrey Choucair Vaz, que está à frente da ação civil pública em curso, afirmou que para abrir um novo concurso, os Correios teriam que chamar os aprovados no concurso de 2011 ou reservar as vagas para a sua convocação. "O único problema que vejo é se as vagas disponíveis não forem suficientes para chamar os que já foram aprovados e ainda abrir um novo concurso", completou. Questionado sobre quantas são as vagas disponíveis atualmente e quantos são os aprovados de 2011 que ainda aguardam convocação, os Correios alegaram na última quarta, por meio de nota, que não é possível informar a quantidade de candidatos que ainda poderão ser convocados, "uma vez que as vagas oferecidas naquele edital já foram preenchidas e novas convocações (cadastro reserva) ficam a critério das necessidades da empresa."

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) - Pedido de 800 vagas está em análise. R$15.338

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) já solicitou ao Ministério do Planejamento a autorização de concurso em 2015 para 800 vagas de auditor-fiscal do trabalho (nível superior). A intenção do ministro do Trabalho, Manoel Dias, é realizar a seleção no início de 2015 e por isso a expectativa é que a permissão seja concedida neste semestre. Atualmente, o processo que trata do pedido está no Departamento de Força de Trabalho da Secretaria de Gestão Pública do Planejamento. O cargo de auditor-fiscal do trabalho tem como requisito a formação superior em qualquer área. As contratações ocorrem pelo regime estatutário, que prevê estabilidade, e a remuneração no início da carreira é de R$15.338,44, incluindo o auxílio-alimentação, de R$373. Há reajuste previsto para janeiro do ano que vem, alterando o valor para R$16.116,64, já com o auxílio.
 

Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) - TRE/MG define oferta de vagas para técnico judiciário

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) já definiu a oferta de vagas em seu concurso público. Ao todo serão 13 oportunidades para a carreira de técnico judiciário na área administrativa, para atuar nas zonas eleitorais do interior do estado. Além disso, ainda está em estudos a possibilidade de oferta para outros cargos e outras especialidades.
Para concorrer ao cargo é necessário possuir apenas ensino médio. A remuneração inicial da categoria é de R$ 4.635, incluindo gratificações. Além disso, como benefícios, o órgão também oferece auxílio-alimentação, assistência médica e plano odontológico.