sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Banco do Brasil abre concurso para escriturários em 14 estados

O Banco do Brasil divulgou, nesta sexta-feira (19), o edital de concurso para 2.499 vagas em cadastro de reserva para o cargo de escriturário. O salário é de R$ 2.227,26.

No site do Diário Oficial da União, é possível ver o edital.

Do total das oportunidades, 5 % são reservadas para candidatos com deficiência e 20% para pretos e pardos.

Os candidatos devem ter nível médio. A jornada de trabalho será de 30 horas semanais.

Entre as atividades do cargo estão: atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários, redação de correspondências em geral, conferência de relatórios e documentos, controles estatísticos, atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados, entre outras.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Receita Federal do Brasil (RFB) - Coordenador confirma plano de concursos em 2015

Em audiência pública realizada no último dia 9 na Câmara dos Deputados, em Brasília, o coordenador-geral de Gestão de Pessoas da Receita Federal, Francisco Lessa, afirmou que, além da nomeação dos 272 excedentes da seleção para auditor-fiscal promovida este ano, o órgão irá buscar, já no semestre que se iniciará daqui a duas semanas, a realização do novo concurso solicitado ao Ministério do Planejamento para o cargo. Lessa ainda confirmou que foram pedidas 2 mil vagas para a nova seleção, conforme antecipou em entrevista concedida à FOLHA DIRIGIDA em setembro deste ano, o ex-presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita (Sindifisco Nacional), Pedro Delarue. 

“É no primeiro semestre de 2015 que esperamos contar com a autorização para poder nomear os 272 e também ir em busca daquele número maior, de 2 mil vagas. Precisaremos, sim, realizar um novo concurso em 2015. Uma providência não exclui a outra, porque a necessidade é muito maior”, disse ele. O coordenador-geral de Gestão de Pessoas do órgão explicou que o pedido de concurso foi feito pelo Ministério da Fazenda por meio do Aviso Ministerial 164/2014, encaminhado ao Planejamento junto à nota técnica elaborada com dados fornecidos pela Receita. “Preparamos um grande estudo para essa recomposição, levando em conta o perfil etário dos nossos servidores, as necessidades crescentes e o quadro decrescente”, relatou, afirmando que o objetivo é que as vagas da nova seleção sejam preenchidas ainda em 2015, o que demandará a abertura do concurso até o início do segundo semestre.

Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) - Taxa deve ser para só até esta quarta, 17/12

Os candidatos do concurso para técnico judiciário do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) têm até esta quarta- feira, dia 17 de dezembro, para efetuar o pagamento da taxa de inscrição. Inicialmente, o órgão oferece 19 vagas, distribuídas pelos níveis médio e médio/técnico. No entanto, o tribunal costuma chamar muitos aprovados, além da oferta, durante o prazo de validade da seleção, de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, assim como ocorreu na última seleção.

Do total, 16 vagas são para a área Administrativa, duas para Contabilidade, e uma para Edificações. Em 2008, foram oferecidas 78 vagas para técnico judiciário, sendo chamados aproximadamente 20 aprovados em cada polo, totalizando em torno de 95 candidatos. Já em 2012, com 37 vagas para analista na área judiciária, foram chamados, até agora, 70 candidatos.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Média de 160 candidatos por vaga de agente. Provas no domingo, 21

Uma média de cerca de 160 candidatos concorrerão a cada uma das 600 vagas de agente oferecidas pela Polícia Federal (PF) no concurso que terá provas no próximo domingo, dia 21. A relação candidato/vaga da seleção foi divulgada nesta terça-feira, 16, no site do Cespe/UnB (organizador). Ao todo, a seleção atraiu 98.101 inscritos, incluindo 21.482 concorrentes às 120 vagas reservadas a negros (179,02 por vaga) e 831 candidatos às 30 chances reservadas a deficientes (27,70). A estatística traz o mesmo número para o total de inscritos e para os candidatos às vagas de ampla concorrência. Isso se deve ao fato de que todos os candidatos concorrem às vagas gerais, inclusive negros e deficientes, conforme esclareceu o Cespe/UnB. A consulta aos locais das provas já haviam sido disponibilizadas na última segunda, também no site do organizador. As avaliações, objetivas e discursivas, serão aplicadas em todas as capitais, das 14h às 19h, no horário de Brasília.

No dia da prova, a orientação é para que os candidatos cheguem ao local designado com pelo menos uma hora de antecedência, munido de cante esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, do comprovante de inscrição e do documento original de identidade (com foto). Para evitar atrasos, é aconselhável que os candidatos visitem antecipadamente seus locais de prova, a fim de identificar os melhores trajetos, opções de transporte, tempo de deslocamento até o local, entre outros. Durante as cinco horas da avaliação,  os candidatos terão que classificar como Certo (C) ou Errado (E) 120 itens da prova objetiva, distribuídos entre Língua Portuguesa, Atualidades, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, de Administração, de Contabilidade, de Economia e de Direito (Penal, Processual Penal, Administrativo e Constitucional), além de Legislação Especial. Será atribuído um ponto positivo a cada acerto, um ponto negativo a cada erro e zero ponto caso não haja marcação ou haja marcação dupla.

Na discursiva, será necessário elaborar um texto dissertativo com, no máximo, 30 linhas, com base no tema proposto. Serão aprovados nas provas escritas aqueles que obtiverem pelo menos 48 dos 120 pontos das objetivas e, no mínimo, 6,5 pontos dos 13 da discursiva (50%). Apenas os classificados no exame objetivo até a 1.350ª colocação para as vagas de ampla concorrência, 90ª colocação entre candidatos com deficiência e 360ª colocação no caso dos que concorrerem às vagas da cota para negros terão as discursivas corrigidas. A seleção compreenderá ainda avaliações física, médica e psicológica, além de investigação social e curso de formação. O concurso chegou a ficar suspenso por cerca de um mês, em função de liminar concedida pela Justiça determinando a adaptação dos testes físicos e do curso de formação às necessidades dos candidatos com deficiência. A liminar foi derrubada pela Advocacia Geral da União (AGU), mas o caso segue na Justiça. A seleção conta com 30 vagas reservadas para deficientes e outras 120 vagas destinadas a negros, conforme determina a legislação.   Os concursados deverão ser nomeados até o início de 2016, preferencialmente, nas fronteiras. A validade do concurso será de um mês, podendo dobrar.


Serviço
Locais de prova: www.cespe.unb.br

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Petrobrás - Saiu edital para 2º e 3º graus! 2.702 vagas

A Petrobrás divulgou nesta segunda, 15, novo edital de concurso público com a oferta de vagas e formação de cadastro em cargos dos níveis médio e superior. A oferta total é de 2.702 oportunidades, sendo 47 imediatas (24 de nível médio e 23 de grau superior) e 2.665 em cadastro (1.725 exigindo ensino médio e 930 para graduados). As inscrições serão recebidas a partir desta terça, 16 de dezembro, com atendimento aos interessados até 12 de janeiro, no site da Fundação Cesgranrio, organizadora. As taxas são de R$40 (funções de níve médio) e R$58 (superior). As remunerações iniciais variam de R$3.095,97 a R$8.866,74.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Secretaria do Estado de Educação de Minhas Gerais (SEE-MG) - Inscrições abertas para 17.630 vagas. 2º e 3º graus

Estão abertas as inscrições do concurso para a Secretaria do Estado de Educação de Minhas Gerais (SEE-MG) que visa ao preenchiemento de 17.630 vagas, distribuídas pelos níveis médio/técnico e superior (em diversas áreas). Há oportunidades para os cargos de assistente técnico de Educação Básica, especialista e professor. Do total, 1.286 são para o ensino especial, 1.648 para o ensino religioso, 1.237 para o conservatório musical, e 13.459 para o ensino regular. Os aprovados serão lotados em diversos municípios, como Diamantina, Ituiutaba, Juiz de Fora, Montes Claros, Pouso Alegre, Uberlândia, Visconde do Rio Branco, entre outros, além da Região Metropolitana. Só para a capital, em Belo Horizonte, serão 69 vagas. 

Os salários iniciais variam de R$1.005,46 a R$1.455,30, para carga horária de trabalho de 8h a 30h semanais. O regime de contratação é o estatutário, que garante a estabilidade. O prazo de validade do concurso é de dois anos, podendo ser prorrogado por uma única vez, por igual período, permitindo a chamada de mais aprovados do banco de concursados.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) - Aprovação da LDO deve dar celeridade ao concurso

A votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2015 está diretamente ligada aos interesses do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). É que a autarquia aguarda a autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para realizar concurso com 4.730 vagas. E para o sinal verde ser dado, é necessária a aprovação da LDO do próximo ano. O Congresso Nacional tem menos de duas semanas para votar a lei, já que o recesso parlamentar começa no próximo dia 22. A expectativa, portanto, é que após a aprovação do orçamento de 2015, que ocorrerá em breve, o processo no Planejamento ganhe celeridade.

O INSS solicitou 2 mil vagas de técnico do seguro social (nível médio; R$4.400,87), 1.580 de analista do seguro social (nível superior; R$7.147,12) e 1.150 de perito médico (nível superior em Medicina; R$10.056,80). A questão previdenciária deverá ser prioridade na pauta do governo, que tem sido pressionado a autorizar o concurso. Além da atual situação do INSS, que conta com 10.106 servidores prestes a se aposentar e correndo o risco de chegar a 2017 com 18.420 funcionários nessas condições, o Tribunal de Contas da União (TCU), um dos maiores órgãos de fiscalização do país, afirmou que, caso a seleção não ocorra, o instituto corre o risco de entrar em colapso.